agosto 14, 2007

O cotovelo direito e o cotovelo imobilizado

Sucintamente, caí.

Escorreguei, no chão super encerado do salão onde foi o baile de formatura do irmão da Pati B.

Caí em câmera-lenta, primeiro os joelhos e depois ia o rosto, mas tive o discernimento de girar o corpo. Pro lado esquerdo. Foi o cotovelo. E o pulso.

Agora dói. Dói pra dormir, pra ir ao banheiro, escovar dente, vestir a calcinha é uma tortura quando se tem apenas um braço ativo.

Mesmo que seja o direito e eu seja destra.

Nada de posts por enquanto. Demora pra escrever, dói o pulso, cansa o pescoço.
 
Por mais que eu queira, não rola digitar. Enfim, há de se ter paciência.

Um comentário:

Elisa disse...

A essas alturas você deve estar curada... ao menos deu boas risadas? Lindo blog, lindas fotos, lindos textos!!!
Beijos mil da Bee Queen...