janeiro 07, 2009

A parte ruim

A parte ruim de voltar é enfrentar o calor e o abafamento e a quentura do asfalto sob os pés.

É ter que sair correndo e quase perder o horário porque a lotação passou rápida demais.

É chegar ao trabalho e o nariz entupir, automaticamente, por causa do ar condicionado, da poeira.

É ficar doente por causa do trabalho, da opressão do trabalho, do sorrir-automaticamente que o trabalho provoca, em vez do sorrir por causa da onda que veio de surpresa.

É ter que resolver as coisas, e encontrar o lugar das coisas no quarto, e achar que nunca nunca nunca vai acabar, porque sempre falta espaço, e sempre surgem mais coisas (livros, papéizinhos rabiscados, canetas, dvds, óculos, carregadores de bateria, latinhas, copos, fósforos, bolsas, sacolas, guarda-chuvas, cadernetinhas, memorabilia de todas as formas) para exigir seu espaço que parece não existir mais.

É acordar com o barulho do vizinho barulhento e não com o barulho do mar.

A lista não acaba nunca. E a minha garganta já está doendo.

2 comentários:

Vica disse...

A minha idem. Welcome back!

A Autora disse...

Thanks, Vica!

Eu ia comentar da tua foto que o meu gato toma água igual, pendurado na pia tentando lamber o fio d'água da torneira!:)

Mas o blogspot não me deixou comentar... :(

Beijo