janeiro 22, 2009

Eles chegaram!

Eles chegaram! Sim, sim, são eles!

E são liiiiiiiindos!

Alguns já têm dono, e um será exclusivo meu. Mas tem um que será para compartilhar.

Porque a idéia toda nasceu (e se você quiser saber mais, pode ler aqui) justamente do conceito de pegar algo e dar um novo uso, um uso diferente, ou seja, compartilhar com outros um produto que já foi usado e renovado.
Aquela velha história, sim, de reciclar e reusar e reduzir os impactos das nossas ações no meio ambiente. Mas tem um ideal mais forte por trás e que muitas vezes fica por trás do foguetório e da fumaça da reciclagem e do ecologicamente correto, que são usados sem discernimento e sem medidas. (Antes que me interpretem mal, eu acho ótimo que as pessoas e as empresas estejam pensando em reciclar seus materiais e subprodutos, e em agir de forma ecologicamente correta, e em diminuir o impacto negativo de suas ações no meio ambiente, mas, sinceramente, há muito foguetório bonito que desaparece do céu com os primeiros raios de sol. Ah, vocês entenderam.)
A idéia que eu acredito ser mais forte, mais essencial, é a de que nossas vidas estão interligadas, entre si e com a vida do planeta como um todo, queiramos ou não. Xi, lá vem ela de novo dizer o que o Mestre dos Magos falou no tal desenho, alguém vai dizer. Sim, sim, é isso mesmo, mas é que eu não vejo forma melhor de expressar essa verdade, de que tudo e qualquer coisa que eu faço, em âmbito de meio ambiente, se reflete em mim e em todas as outras pessoas do mundo.
Aí, essa idéia de ter um caderno viajante, que passe de mão em mão, que passeie entre idéias e canetas diferentes, nada mais é do que criar uma linha imaginária entre as pessoas, um fio intangível que conecta as histórias, levando do parágrafo de uma pessoa para o parágrafo da outra. Porque tudo é uma história só, sabe, a história da humanidade, e nós somos, se muito, um parágrafo náufrago nessa longínqua e infinita narrativa.

Então é isso. Quem estiver interessado em participar, basta mandar um email pra mim, que eu vou organizar uma lista prévia de participantes e depois entro em contato com todo mundo. E sim, tem que tirar foto do que escrever ou desenhar. Não precisa necessariamente expor o texto ou desenho na foto. Mas tem que registrar e compartilhar o registro.

ÊÊÊÊÊÊ!

* Importante: meu muitíssimo obrigada ao Carlos Tannure por toda atenção! E ao Doisespressos por me apresentar essa novidade tão interessante.

3 comentários:

camila disse...

que lindos, cris!! entrei no site, mas não entendi como se faz pra adquirir...

bjs!

Eduardo EGS disse...

Bah, que ideia genial!

Pena que estou muito longe pra participar. Sedex 10, alguem?

Hah!

Vica disse...

Muito legal!! Eu queroooo!!