novembro 06, 2008

Feirices e faceirices

Estou completamente inserida e imersa na Feira.

Há várias coisas que precisam ser contadas, mas agora não há tempo.


(É que, além da Feira, outras coisas me consomem e me demandam, e há de ter Cris para todas.)


(E agora o braço dói. Demais.)


(Só espero que ninguém, desta vez, fique virado do avesso.)

3 comentários:

Daniella disse...

tempo. tá em falta. mas quando arranjarmos um pouquinho que seja, bem que podíamos sair pra tomar um coca que seja, né, cris?

Vica disse...

Conte tudo, não esconda nada! ;)

A Autora disse...

Dani, podíamos sim. E pode ser na Feira, enquanto ela existe. Domingo, dia 16, lerei um conto inédito, a partir das 15h. Lá no território de Pasárgada.

Já fica o convite para todos.

Vica, conto sim. Mas amanhã!

Bjs