novembro 20, 2008

Amar é

Nunca precisar provar nada pra ninguém.*
Achei que precisava contar isso. Até pra combinar com o clima lá do IPD.
No mais, a chuva cai. O frio se faz presente. Nem parece quase-verão e os preparativos já estão sendo preparados.
(aguarde mais surpresas lá no AdC**. Como agora eu tenho vários leitores e leitoras de diferentes cantos do Brasil - antes era um só, ou, uma só - preciso atualizar. Não, ainda não tem nada lá hoje. Mas haverá!)
* The biggest, the best, the ultimate love: self-love.
** Sim, eu amo criar siglas, apelidinhos e nomes secretos. E me divirto com isso!

3 comentários:

Vica disse...

Guria, Ailin Aleixo, amar é não precisar ser ninguém além de si mesmo... não precisar provar nada pra ninguém, nem pro ser amado. Amor é ser aceito.

A Autora disse...

Sim! Era essa a idéia!

Amar é também se auto-aceitar!

Beijo

Pâmella disse...

AAAAAAAAAAHAHAHAHAHHJAHAHAHA
aaaaaai guria, morro de rir contigo! E morro de saudades! Bom que novembro já tá acabando! YES! E vc vai ter convidados de diferentes cantos do Brasil no seu aniver =p
Vou lá no AdC! hahahaha (eu adoro as siglas! ahahahaha e os apelidinhos e nomes secretos tb, hahahaha)

ps.: eu tenhooo esse album! que saudade disso!
Que saudade de tiiii!
Beijocasssss