outubro 04, 2007

Antes que eu me esqueça

O rap, principalmente o gansgta rap, está para a nossa sociedade como o épico estava lá para Camões.

Sim, eu penso enquanto tomo banho.

E tiro várias conclusões. Não que elas possam servir para alguma coisa, mas, vá lá, se estivesse na faculdade, poderia muito bem escrever uma tese sobre isso.

Mas não estou mais na faculdade, e não preciso mais escrever teses nem trabalhos de conclusão, e isso me deixa tão contente!

Um comentário:

Beatriz disse...

Adoro filosofias de banheiro.
Eu sempre filosofo nessas horas e ontem fui ao banheiro do Fratello Sole, que tem música ambiente. E eram umas músicas estilo almodovar, excelentes.
Começo a pensar que meu banheiro vai ser sonoro. Mas só com músicas espanholas.